Defesa – Chamamento ao Processo

EXCELETÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA … VARA CÍVEL DA COMARCA DE GASPAR – SANTA CATARINA

Autos nº

FIODOR DOSTOIEVSKI, brasileiro, casado, tripé, portador da Cédula de Identidade nº, inscrito no CPF/MF sob o nº, residente e domiciliado na rua, nesta cidade, por seu advogado que esta subscreve, procuração em anexo, vem perante este Juízo, nos autos da Ação de Cobrança, que lhe move MÁRCIO PITTBUL, brasileiro, casado, ator, portador da Cédula de Identidade nº, inscrito no CPF/MF sob o nº, residente e domiciliado na rua, nesta cidade, com base nos artigos 77 e seguintes, do Código de Processo Civil, dentro do prazo de contestação, requerer o

CHAMAMENTO AO PROCESSO

de CARLOS BAZUCA, brasileiro, casado, camera man, portador da Cédula de Identidade nº, inscrito no CPF/MF sob o nº, residente e domiciliado na rua, nesta cidade, em razão dos fatos e fundamentos que passa a aduzir.

O autor pretende receber do demandado a importância de R$ 7.000,00 (sete mil reais), em virtude de esse ter sido fiador do devedor principal, o qual não efetuou o pagamento da referida dívida dentro do prazo pactuado, conforme consta do contrato que instruiu a petição inicial.

Ocorre, no entanto, que o devedor principal, inadimplente, não foi citado para responder aos termos da ação proposta, preferindo o autor, por conveniência própria, litigar tão somente com o fiador, ora demandado.

Assim, conforme lhe faculta o artigo 77, inciso I, do Código de Processo Civil, pretende o réu-fiador que o devedor direto, CARLOS BAZUCA, seja também chamado ao processo, para que seja determinada sua parcela de responsabilidade no pagamento da dívida em comento.

Face ao exposto, requer que seja citado o chamado para, querendo, responder a este pedido, no prazo de 15 dias, sob pena de serem tidos por verdadeiros os fatos alegados, e determinado, por força do artigo 79, do Código de Processo Civil, a suspensão do processo, aplicando-se o princípio da sucumbência para efeitos de pagamento das despesas processuais e dos honorários advocatícios.

Nestes termos, pede deferimento.

Gaspar, 08 de outubro de 2009.

Jú Pantera
OAB/SC nº 69

Comentários: