Procuração – Ad Juditia e Extra Juditia

PROCURAÇÃO

OUTORGANTES: JEAN-PAUL SARTRE, brasileiro, solteiro, escritor, inscrito junto ao CPF sob nº 000.000.000-00 e MICHAEL FOUCAULT, brasileiro, casado, filosofo, inscrito no CPF sob nº 000.000.000-00, ambas residentes e domiciliados na rua X, na cidade de Witmarsum-SC;

OUTORGADOS: RENÉ DESCARTES, brasileiro, solteiro, advogado, inscrito junto a OAB/SC sob o nº. 00.000, e SIMONE DE BEAUVOIR, brasileira, solteira, advogada, inscrita junto a OAB/SC sob o nº. 00.000, ambos com escritório situado na rua Y na cidade de Witmarsum/SC.

PODERES: Pelo presente instrumento particular de procuração e na melhor forma de direito, os outorgantes nomeiam e constituem os outorgados como seus procuradores, ao qual conferem os mais amplos e ilimitados poderes da cláusula “Ad Juditia e Extra Juditia” para o foro, podendo atuar em qualquer Juízo, Instância ou Tribunal – comum ou especial – e ainda, conferindo-lhes os poderes previstos no artigo 105 do Código de Processo Civil, para propor ações e atuar em qualquer ação cível, criminal, trabalhista, previdenciária, administrativa, empresarial ou outras. Inclusive os da cláusula “ad et extra judicia”, previstos no artigo 5o , caput, e parágrafo 2o do Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil, Lei no 8.906/94, alegar todo o direito e defesa do(s) Outorgante (s), seja como autor(es), réu(s) ou interveniente(s), podendo os legítimos procuradores praticarem todos os atos necessários para o fiel desempenho do presente mandato, inclusive acordar, transigir, e substabelecer a qualquer outro advogado – total ou parcialmente, com ou sem reserva de poderes. Em especial, para ajuizar Ação de Indenização por Perdas e Danos c/c Obrigação de Fazer, em face de Gilles Deleuze, na Comarca de Witmarsum-SC e se manifestar e acompanhar todos os atos do processo até sentença de primeiro grau.

Witmarsum, 03 de fevereiro de 2020

Comentários: